segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Revap abrigará escola técnica em parceria com IFSP

A Petrobras assinou nesta sexta-feira (19), em São José dos Campos, termo de parceria com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP) para viabilizar a implantação de um campus do instituto no município. O campus será implantado na área da Refinaria Henrique Lage (Revap), Unidade da Petrobras localizada no Vale do Paraíba.

Por meio da parceria, a Petrobras cederá um espaço dentro da unidade para a instalação do Instituto Federal de São Paulo - Campus S. José dos Campos - Petrobras, que será composto por três prédios para sala de aula, um galpão para oficinas práticas e um restaurante para 350 pessoas. A estrutura foi construída para ser utilizada durante a modernização da Revap e, com o final das obras, a Petrobras optou por disponibilizá-la para a instalação da escola técnica.

Presente na solenidade de assinatura da parceria, o Ministro da Educação, Fernando Haddad, ressaltou que “a Petrobras tem o olhar para o desenvolvimento humano e sabe que o desenvolvimento educacional, científico e tecnológico é importante para o seu próprio desenvolvimento”. Acompanhado por representantes da Petrobras e do IFSP, o ministro visitou as instalações de um dos prédios que será ocupado pelo instituto.

Durante o evento, o gerente executivo do Abastecimento - Refino da Petrobras, José Carlos Cosenza, ressaltou que “a formação de mão obra qualificada poderá ser aproveitada pela companhia em seus projetos no Vale do Paraíba, litoral norte paulista e na Bacia de Santos. Esperamos que essa escola torne-se referência e possa ser propulsora do desenvolvimento social e econômico dessa importante região do país”, afirmou Cosenza.

O gerente executivo informou ainda que o local já dispõe de instalações elétricas, hidráulicas e de telecomunicações, sistemas de infraestrutura e cabeamento prontos para serem utilizados. Cosenza reforçou também que “o instituto é voltado ao atendimento de jovens da região e está em acordo com a missão da Petrobras de contribuir com as comunidades em que atua. Esta estratégia está totalmente alinhada ao entendimento da companhia sobre a questão da responsabilidade social”, disse ele.

O início das atividades do instituto está previsto para 2012 e os cursos oferecidos serão de nível técnico, incluindo a cadeia de petróleo e gás natural para atender às futuras demandas da indústria no Vale do Paraíba. No entanto, a definição se dará posteriormente, considerando-se as demandas regionais, após consulta à comunidade civil local e diagnóstico socioeconômico da área de abrangência pelo IFSP.

O reitor do IFSP, Arnaldo Augusto Ciquielo Borges, reforçou que o objetivo do instituto “é fazer com que cada um de nossos campus se torne referência na  educação profissional na região em que esta sendo instalado, de forma que a sociedade local sinta muito orgulho de ter uma parceria conosco”, disse Borges. Segundo ele, o campus de São José dos Campos deverá atender 1200 alunos.

Fonte: Revista Tn Petróleo


O que falta para ser feito a mesma coisa por aqui?

Edmilson Aguiar -  Tecnólogo em Petróleo e Gás

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário